Lula e Merkel prometem atuar por acordo sobre o clima

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e a chanceler alemã, Angela Merkel, prometeram hoje atuar por um acordo nas negociações climáticas em Copenhague e demonstraram apoio a uma conclusão rápida da rodada Doha de negociações de comércio mundial, informou o porta-voz do governo alemão Ulrich Wilhelm. A conferência climática das Nações Unidas acontece em 17 e 18 de dezembro.

Agência Estado |

Em comunicado depois de conversações bilaterais entre os dois líderes, Wilhelm disse que Merkel e Lula sinalizaram disposição de "contribuir para uma conclusão bem sucedida da conferência climática da ONU (Organização das Nações Unidas) em Copenhague". Ele também afirmou que os dois países visam a um entendimento em todos "os elementos essenciais de um novo tratado climático e a concordar com um calendário" para transformar o acordo de Copenhague em um "acordo obrigatório".
Ambos também "concordaram em agir em conjunto contra o protecionismo e apoiar a eliminação de todos os tipos de distorções de competição no comércio internacional, assim como (chegar) a um entendimento rápido, ambicioso e equilibrado da rodada Doha", afirmou o porta-voz.

As delegações alemã e brasileira também assinaram diversos acordos, incluindo um memorando de entendimento sobre cooperação econômica para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016 - ambos os eventos serão sediados pelo Brasil -, bem como uma declaração de intenção de cooperação para combater as mudanças climáticas. As informações são da Dow Jones.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG