De volta das férias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua favorita à sucessão presidencial, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, voltam a despachar na próxima semana no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e devem iniciar a série de viagens do último ano de governo pelos grotões do Piauí e do Maranhão.

Na manhã de segunda-feira, Lula e os ministros mais influentes do governo participam da primeira reunião de coordenação política. Paulo Bernardo (Planejamento), Franklin Martins (Comunicação Social) e Luiz Dulci (Secretaria Geral), que estão de recesso, também voltam ao trabalho.

O encontro não terá as presenças de Guido Mantega (Fazenda), que continuará de férias até o dia 15 deste mês, e Henrique Meirelles (Banco Central), que está na Basileia, na Suíça, onde participa da reunião do Bank for International Settlements (BIS) e do Financial Stability Board, seguindo depois para Cancun, no México, com previsão de retornar ao Brasil apenas no dia 14.

Lula sancionará, ainda na segunda-feira, lei que cria a política nacional e o programa nacional de assistência técnica e extensão rural para agricultura familiar e reforma agrária.

Na tarde de terça-feira, o presidente sancionará, no CCBB, a lei que cria a Universidade de Integração Latino Americana, Unila. Ele também participará de uma solenidade no Teatro Nacional de repasse de cerca de R$ 1 bilhão do programa "Minha Casa, Minha Vida" para municípios com menos de 50 mil habitantes.

A agenda do presidente prevê para quarta-feira, no Itamaraty, encontro de Lula com governadores e prefeitos dos 12 Estados e cidades que sediarão a Copa do Mundo de 2014. Durante o evento, será assinado um termo de cooperação para obras de infraestrutura. O governo quer acelerar os projetos de melhoria em transporte urbano e de acesso aos estádios do torneio.

Viagens

Decidido a fazer uma série de viagens na reta final do governo, Lula planeja para quinta-feira uma viagem para as cidades de São Julião e Patos do Piauí, onde estão sendo feitas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Também poderá fazer um sobrevoo no canteiro de obras da ferrovia Transnordestina.

No dia seguinte, Lula participará do lançamento da pedra fundamental de uma refinaria da Petrobras em Bacabeira, Maranhão. A governadora Roseana Sarney, filha do presidente do Senado, José Sarney, é presença confirmada no evento.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.