Lula é contra legalização das drogas para evitar consumo

Após anunciar que o governo federal irá repor o helicóptero abatido por traficantes, sábado, no Rio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje, em resposta a jornalistas, ser contra a descriminalização das drogas no País. Eu, sinceramente, não acredito que a legalização das drogas vai resolver o problema do consumo. Não acredito.

Agência Estado |

A proposta é defendida pelo ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Na avaliação de Lula, os países ricos devem ser mais rígidos com os consumidores de drogas. "Temos de ser mais duros, precisamos evitar que as pessoas consumam. É preciso ter um processo de Educação, porque a cada dia o problema cresce mais. Cada dia temos a sensação de que é uma causa perdida, mas não podemos desanimar", encorajou Lula.

Ele afirmou que os investimentos do governo federal nas favelas têm o objetivo de reforçar a presença do Estado nas comunidades. "Estaremos dispostos a fazer tudo o que o governador (Sérgio Cabral, do Rio) precisar, limpando essa sujeira que essa gente põe no Brasil e no mundo. Tanta gente trabalhadora e honesta e uma meia dúzia de pessoas consegue ser chefe de outra meia dúzia que termina criando uma imagem negativa e vitimando pessoas honestas no Brasil", criticou o presidente.

Leia mais sobre: Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG