Lula e Chinaglia devem discutir reajuste a servidores

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva receberá às 18 horas o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Embora seja um dos principais críticos do uso excessivo de medidas provisórias, Chinaglia fez ontem um apelo ao governo para que providencie o quanto antes o reajuste dos servidores, independente do instrumento legislativo (se por MP ou por projeto de lei).

Agência Estado |

Ele deve discutir também com o presidente Lula a medida provisória que criou o Ministério da Pesca.

O governo concorda em criar o ministério por projeto de lei, desde que sua votação seja garantida pelos parlamentares. As reformas tributária e política também devem constar da pauta. Pela manhã, Lula recebe a jornalista e escritora americana Samantha Powers, autora da biografia do diplomata brasileiro Sergio Vieira de Mello, sob o título "O Homem Que Queria Salvar o Mundo", lançado recentemente nos Estados Unidos.

A agenda do presidente inclui ainda despachos com os ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, e do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, além de audiência ao governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, e comemoração, à noite, dos 20 anos da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos, em um hotel em Brasília.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG