Lula é aclamado em carreata de apoio a Marinho

De traje vermelho e acompanhado da primeira-dama Marisa Letícia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva transitou em carro aberto hoje, durante aproximadamente 20 minutos, em carreata de apoio ao candidato do PT à prefeitura de São Bernardo do Campo, o ex-ministro Luiz Marinho. Lula foi aclamado por populares, muitos dos quais acompanharam a carreata a pé.

Agência Estado |

Ao final da carreata, que percorreu uma das principais avenidas da cidade, berço do PT, Lula disse que faz campanha para o ex-ministro como se fosse sua. "Para mim, participar da campanha em São Bernardo do Campo, ajudando o companheiro Marinho e o companheiro Frank (Aguiar, candidato a vice-prefeito pelo PT), é uma obrigação política e moral, porque São Bernardo é a minha cidade. E eu quero que a minha cidade seja a mais bem cuidada possível, a mais bem administrada possível", disse.

Lula demonstrou confiança na vitória de Marinho ainda no primeiro turno, após uma virada nos últimos meses, com uma participação mais intensa do presidente da República na campanha. "Estou entusiasmado", afirmou Lula, lembrando que conhece Marinho, também ex-sindicalista, há mais de 30 anos.

Marinho disse estar confiante na vitória neste domingo, principalmente após a carreata de hoje, com a presença de Lula. Contudo, o ex-ministro evitou destacar a participação de Lula em sua campanha na véspera da eleição. O candidato disse que gostaria de vencer no primeiro turno para ter a possibilidade de ajudar no segundo turno a candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, líder nas pesquisas de intenção de voto no primeiro turno.

"Espero que a disputa nas demais cidades do ABC também se resolva no primeiro turno, para que eu possa ajudar a companheira Marta e outros companheiros do partido em outras cidades do Estado", afirmou Marinho.

Após a carreata, Lula seguiu para seu apartamento em São Bernardo e não tem mais nenhum compromisso agendado para hoje. Amanhã, o presidente deve votar por volta das 9h, em São Bernardo, ao lado de Marinho.

    Leia tudo sobre: eleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG