como nunca para deixar País a sucessor - Brasil - iG" /

Lula diz que trabalhará como nunca para deixar País a sucessor

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira, no programa Café com o Presidente, que vai trabalhar como nunca até o final de seu mandato para concluir os projetos do governo e deixar o Brasil mais preparado para o seu sucessor.

Redação com agências |

Ele comemorou a criação de empregos formais em setembro, a melhor marca do ano, reiterou a previsão de crescimento de 5% para o ano que vem e disse que usará os 15 meses que restam de seu período na Presidência para "aperfeiçoar aquilo que possa ter algum defeito".

"Vou trabalhar como nunca trabalhei na minha vida para concluir as coisas que estamos fazendo, para aperfeiçoar aquilo que possa ter algum defeito e, ao mesmo tempo, para deixar o Brasil mais preparado para quem vier depois de mim", disse Lula em seu programa semanal de rádio, que tem duração de seis minutos.

Lula previu a criação de 1 milhão de empregos com carteira assinada até o final deste ano, abaixo da estimativa de 1,1 milhão realizada pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, feita na divulgação dos dados de setembro, na última quarta-feira.

No mês passado, foram criados 252,6 mil novos empregos formais -- o melhor resultado deste ano. No acumulado de 2009, o saldo líquido de criação de vagas é de 932.651.

Obras do São Francisco

Recém-chegado de uma visita de três dias às obras de revitalização e transposição do rio São Francisco, Lula disse que o País merecia uma obra como essa. É uma obra extraordinariamente importante para o Brasil", afirmou.

Lula lembrou que cerca de R$ 6 bilhões estão sendo investidos nas obras e que o objetivo é não apenas disponibilizar água à população, mas também possibilitar a coleta de esgoto em todas as cidades localizadas às margens do rio.

Há uma parte dessas obras onde se trabalha noite e dia. Penso que essa obra vai fazer um diferencial na parte mais empobrecida do País.

O presidente encerrou na última sexta-feira a vistoria às obras, depois de passar pelos Estados da Bahia, de Minas Gerais e de Pernambuco. Segundo Lula, 12 milhões de pessoas que moram no Semiárido nordestino serão beneficiadas pelas obras.

(*com informações das agências Reuters e Brasil)

Leia mais sobre Lula

    Leia tudo sobre: café com presidentelulasucessor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG