O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em entrevista no Itamaraty, que não pretende participar das campanhas eleitorais deste ano apoiando este ou aquele candidato, porque, segundo ele, se fizer isso, só terá prejuízo. Eu vou evitar ao máximo possível participar das eleições municipais.

Vou tentar fazer as minhas viagens, trabalhar dentro do Brasil e fora, e vou deixar as eleições mais para os partidos e (para) quem é candidato", disse.

O presidente procurou justificar a neutralidade com a alegação de que, participando das eleições, só tem a perder. "Afinal de contas, eu tenho muitos aliados disputando eleições. Não vou me meter nisso, porque o resultado é sempre assim: os que ganham acham que os méritos foram deles, e os que perdem depositam nas minhas costas a derrota, porque não fui, ou porque fui apoiar o outro. Então, prefiro ficar distante."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.