Lula diz que se comprovada culpa Tuma terá de pagar

Secretário nacional de Justiça foi flagrado pela PF em gravações telefônicas com um dos chefes da máfia chinesa no Brasil

Agência Brasil |

São Paulo – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste sábado (8) que caso sejam comprovadas as supostas infrações cometidas pelo secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Junior, ele terá de pagar “como qualquer brasileiro". A Polícia Federal registrou em gravações conversas telefônicas do secretário com um dos chefes da máfia chinesa no Brasil.

“Na hora em que chegar a uma coisa concreta, ele [Tuma Junior] terá que ser punido como qualquer brasileiro", disse o presidente. “Existe uma suspeita contra um delegado de carreira, que está sendo investigada pela própria corporação. Nós vamos ver qual é a verdade dos fatos. Se a verdade apontar para a culpa dele, ele deverá pagar, como aconteceria com qualquer cidadão", completou Lula após lançar a campanha de vacinação para idosos contra a Gripe Comum, em São Bernardo do Campo.

O presidente falou ainda sobre a ajuda que o Brasil está enviando, via Fundo Monetário Internacional (FMI), para a Grécia. Ontem (7), o governo anunciou que o Brasil irá colocar, como credor, US$ 286 milhões no pacote de ajuda aos países em crise na Europa que está sendo elaborado pelo FMI. “Estamos em condições de ajudar o FMI, a Grécia e podemos ajudar os países mais pobres”, disse.

    Leia tudo sobre: LulaRomeu Tuma Junior

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG