Lula diz que greve na Scania foi sua 1ª lição de vida

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje, nas comemorações dos 30 anos da greve dos metalúrgicos na Scania, que ela foi a primeira grande lição de sua vida. Foi a primeira vez que vi um acordo não ser cumprido , que fui chamado de traidor por aqueles que depositaram confiança em nossas mãos, comentou.

Agência Estado |

O presidente disse que naquela época, orientou o sindicato a adquirir um Fiat 147, fabricados em Minas Gerais, no lugar de um VW Fusca,para não ser acusado de ter se vendido às montadoras sediadas no ABC paulista.

O presidente comparou também as conseqüência das greves de 1979 e 1980. Na primeira, lembrou, os metalúrgicos obtiveram ganhos aumento salarial e o não desconto dos dias parados. Em contrapartida, admitiu que no segunda greve os trabalhadores "não ganharam absolutamente nada". No entanto, ele ponderou que o movimento foi importante para que a categoria obtivesse consciência política pela categoria. "A partir daí, firmamos a convicção de criar a CUT e o PT", ressaltou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG