Lula diz que greve de fome de Battisti não o pressionará

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que a greve de fome do ex-ativista Césare Battisti não fará pressão para frear sua extradição à Itália, onde foi condenado à prisão perpétua.

iG São Paulo |

AE
Lula e Celso Amorim

"Fazer greve de fome não o ajuda. A greve de fome ou é um ato de desespero ou de ignorância", afirmou Lula em entrevista a duas rádios do nordeste do País.

Cesare Battisti faz greve de fome há uma semana para evitar sua extradição.

O presidente assegurou que vai levar em conta todos os fatores, incluindo o fato de Battisti ser acusado no Brasil de falsificar seu passaporte, antes de tomar uma decisão.

Posteriormente, em coletiva de imprensa em Salvador com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, Lula assegurou que a decisão da extradição ainda não foi tomada, já que ainda não recebeu a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente disse que uma vez que receba a carta do STF, analisará a situação com os analistas políticos e tomará a decisão.

O STF autorizou esta semana a extradição de Battisti à Itália, embora tenha deixado a decisão final nas mãos de Lula. O governo tinha concedido previamente o status de refugiado ao ex-ativista, em uma medida polêmica que ia de encontro ao pedido de extradição.

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália sob a acusação de ter cometido quatro assassinatos no final dos anos 70. Na época, o país, como todo mundo, fervilhava com movimentos radicais de jovens de esquerda contra governos de direita, muitos ditatoriais. Ele foi julgado à revelia em 1993, quando estava refugiado na França. Passou por outros países antes de ser preso pela Polícia Federal no Brasil em 2007.

Ele solicitou refúgio político ao Conare (Comitê Nacional para os Refugiados). O pedido foi negado em primeira instância. Mas, em janeiro deste ano, o ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu, após o recurso da defesa, o pedido do italiano.

* Com EFE

Leia também:

Saiba mais sobre Cesare Battisti

    Leia tudo sobre: battisti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG