marido - Brasil - iG" /

Lula diz que governo só não pode fornecer marido

MANAUS - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que seu governo tem criado todas as condições para realizar o sonho da parcela mais pobre da população de ter uma casa, um carro e um computador. Em visita a Manaus, o presidente citou que essa geralmente é a receita para levar a felicidade aos brasileiros, faltando apenas um marido bonito e trabalhador no caso das mulheres.

Agência Estado |

"A mulher gosta de uma casa, um homem bonito e trabalhador, um carro e um computador", disse Lula. "O marido eu não posso resolver. Agora, a casa, o computador e o carro, na hora em que melhora a condição econômica do País, todo mundo vai poder resolver seu problema", disse Lula, ao participar da inauguração de um reservatório de água na região de Cidade Nova, em Manaus.

Eleger novo presidente

Lula voltou a desafiar a oposição e avisou que será capaz de eleger seu sucessor para o Palácio do Planalto. Ao lado da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, que foi aclamada como alternativa para o posto, o presidente cobrou aqueles que acreditavam que ele não seria capaz de fazer um bom governo.

AE
Lula e a ministra Dilma em Manaus
"O que eles não sabiam é que eu tinha a convicção de que eu sabia mais do que eles e não podia errar", afirmou. O presidente ressaltou que ele e sua equipe apanharam como "cachorro sarnento" no início do governo, "mas uma coisa que eles têm que saber é que nós vamos fazer o novo presidente da República", afirmou.

Diante dos sucessivos gritos da platéia chamando o nome de Dilma, Lula retomou o discurso de que é preciso evitar que eventos do Planalto sejam transformados em atos de campanha e jogou na platéia a culpa por colocar Dilma como candidata. "Vocês viram que eu tive o cuidado de não citar nomes. Vocês, enxeridos, é que citaram nomes", afirmou o presidente.

Lula aproveitou para cobrar mais uma vez a oposição pelo fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e pela perda de R$ 40 bilhões nos cofres federais. "Mas não tem problema. Vai fazer falta, mas nós vamos arrumar mais", declarou.

Leia mais sobre: Lula

    Leia tudo sobre: lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG