enorme de vencer - Brasil - iG" /

Lula diz que Dilma tem perspectiva enorme de vencer

BRASÍLIA - Em entrevista dada a rádios de Natal (RN), nesta sexta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que quer a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, como candidata a presidência da República em 2010 e avaliou que ela tem uma ¿perspectiva enorme de vencer¿.

Agência Brasil |

É importante todo mundo saber que quero a Dilma como candidata, estou trabalhando para isso, porque trabalho com a Dilma há oito anos e sei da competência gerencial e política dela. Ela iria apenas colocar o estilo dela no governo e fazer as coisas novas que não conseguimos fazer.

AE
Lula cumprimenta simpatizantes ao sair do hotel, no bairro de Ondina, em Salvador
Lula disse também que se a simpatia for importante para ganhar as eleições, a ministra não sai perdendo. Tem adversário dela que é muito menos simpático do que ela, então, se for por simpatia, ela já está eleita, disse após afirma que muitos alegam que Dilma não tem a simpatia e a desenvoltura necessárias para enfrentar uma campanha eleitoral.

Lula também avaliou o potencial que ele tem de transferir votos para os candidatos que apoia. Para ele, é mais difícil transferir votos para cargos como os de vereador e prefeito, por se tratar de políticos que estão mais próximos das pessoas em seus bairros e cidades. Já no caso de presidente da República, Lula avalia que seu apoio teria mais peso.

Acho que o governo tem possibilidade de repassar muito voto, claro que tudo isso é relativo, por que vai depender muito da performance da nossa candidata, do desempenho dela durante a campanha, nos debates, disse.

Terceiro mandado da oposição

Lula afirmou que a oposição tentaria o terceiro mandato caso estivesse ocupando a Presidência da República no momento positivo que o Brasil atravessa atualmente. Se fosse o lado de lá e eles estivesse na situação que estou, eles teriam levantado a tese do terceiro mandato, afirmou.

Lula disse que não levantou essa tese por considerar ser um risco para a democracia e disse ter convencido seu partido, o PT, a parar com a brincadeira de um terceiro mandato.

Segundo ele, quem tem um terceiro mandato pode querer um quarto, um quinto, o que ameaça a democracia do país. Se a gente começa colocar na cabeça, eu sou insubstituível, imprescindível, começa nascer um pequeno ditador.

Leia mais sobre: Lula - Eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG