BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta segunda-feira excessos da imprensa, denunciando atitudes parciais durante seu discurso na abertura da 1ª Conferência Nacional de Comunicação.

Lula disse que está acostumado com "calúnias e infâmias" divulgadas pela mídia, mas que a própria liberdade de imprensa traz a verdade à tona.

"Há jornais, noticiários de rádio e tevê que se excedem, que desprezam os fatos e embarcam em campanhas (...) Havendo liberdade de imprensa e democracia, a verdade acaba prevalecendo, e por uma razão muito simples: os leitores, eles são perfeitamente capazes de separar o joio do trigo", disse Lula.

A conferência que discutirá durante quatro dias a democratização da comunicação, a convergência de mídias, as concessões e a legislação que regula o setor, entre outros temas, tem 40% de participação de movimentos sociais, 40% do setor empresarial e 20% do setor público.

Leia mais sobre Lula

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.