Lula discutirá educação com prefeitos em fevereiro

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou para 10 de fevereiro uma reunião com prefeitos, em Brasília, para discutir ações federais nas áreas de educação, como o combate ao analfabetismo. Lula deu a informação em discurso no Palácio do Planalto, durante a cerimônia de sanção do projeto de lei dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.

Agência Estado |

Entre as dificuldades verificadas nas cidades, ele destacou a mortalidade infantil e a falta de registro civil. "Nenhuma criança deveria sair do hospital sem registro civil", disse. "É que, muitas vezes, o pai leva tempo para registrar seus filhos", completou.

Lula também defendeu um pacto com os prefeitos para reduzir o índice de analfabetismo da população adulta que, de acordo com ele, é de cerca de 15% da população total. Lula defendeu ainda a ampliação de programas como o ProJovem. O projeto de inclusão de jovens de baixa renda deve atender, segundo o presidente, 4,5 milhões de jovens, até 2010.

Ainda no pronunciamento, Lula voltou a criticar o Congresso pela extinção da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Segundo ele, a derrota do governo nesse episódio é "um percalço que um dia a história vai julgar". Lula reconheceu, porém, que a maioria dos projetos nas áreas de educação e saúde enviados pela administração federal ao Legislativo é aprovada. "Muitas vezes, tenta-se criar uma disputa maior do que é, entre os poderes Legislativo e Executivo", disse.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG