Lula deve ficar em São Bernardo do Campo até domingo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva passará o fim de semana descansando em São Bernardo do Campo, depois da crise de hipertensão que teve em Recife. Segundo a Secretaria de Imprensa da Presidência da República, Lula deve desembarcar no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e de lá seguirá de helicóptero para São Bernardo.

Agência Estado |

Havia a expectativa de que ele poderia ir ao Hospital Sírio Libanês, na capital paulista, mas a Secretaria de Imprensa já descartou essa possibilidade.

Com a crise de hipertensão, Lula cancelou a viagem que faria à Suíça, para o Fórum Econômico Mundial, em Davos. Ele será representado pelos ministros de Relações Exteriores, Celso Amorim, e pelo presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles.

O mal-estar do presidente teve início ontem à tarde, na capital pernambucana, enquanto ele participava de uma cerimônia em homenagem às vítimas do Holocausto. Lula confidenciou a auxiliares que se sentia muito cansado e passou a ter a pressão monitorada pelo médico Cléber Ferreira, que costuma acompanhá-lo nas viagens oficiais.

Em entrevista, Ferreira afirmou que a crise hipertensiva de Lula foi um caso atípico, que não condiz com o padrão de saúde do presidente. "Foi um quadro esporádico. Ele não é hipertenso e a pressão dele é absolutamente normal, sempre foi. Para uma pessoa na idade dele, a pressão dele é invejável: 110 x 80", afirmou.

O médico atribuiu a crise a um "conjunto de fatores", mais especificamente ao estresse, ao cansaço e a uma gripe. "Foi um pouquinho de cada coisa", disse. "Mas a pressão dele se normalizou rapidamente, quase sem nenhuma medicação", completou o médico.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG