Lula desconhece futuro de Meirelles e diz que não vai prendê-lo

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira desconhecer pretensões políticas por parte do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Afirmou, no entanto, que se ele quiser sair não tem como segurá-lo no cargo. O Meirelles nunca conversou comigo sobre política. O Meirelles sabe que é presidente do Banco Central. Obviamente que o Meirelles teve um gesto de grandeza comigo quando renunciou ao mandato de deputado federal para ser presidente do BC, disse Lula a jornalistas após participar de evento no Rio de Janeiro.

Reuters |

"Se chegar em março do ano que vem e ele quiser ser político, eu não tenho como prendê-lo, mas eu gostaria que não fosse, gostaria que ficasse no governo", completou.

Políticos com status de ministro, como é o caso de Meirelles, precisam se desincompatibilizar de seus cargos até o final de março se pretendem concorrer a um cargo público nas eleições daquele ano, podendo ficar até junho.

Há rumores de que Meirelles possa concorrer ao governo de Goiás e PP e PT iniciaram conversações com o presidente do BC sobre isso. Ele venceu a eleição para um mandato de deputado em 2002, mas renunciou para assumir o BC.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

    Leia tudo sobre: lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG