Lula comparece a velório de sindicalista em Sorocaba-SP

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou parte de sua agenda de hoje à tarde para comparecer ao velório do amigo e sindicalista Wilson Fernando da Silva, o Bolinha , ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba, no interior paulista. Bolinha , que tinha 57 anos e sofria de câncer no pulmão detectado há um ano, morreu na noite de ontem num hospital da cidade.

Agência Estado |

O corpo foi velado no salão de assembléias do sindicato que ele dirigiu durante seis anos na década de 80.

O presidente chegou no final da tarde e se reuniu com a família, ao lado do caixão com o corpo. Seguranças contratados pelo sindicato mantiveram a imprensa do lado de fora. Na saída, Lula evitou os jornalistas. O presidente não acompanhou o sepultamento, no cemitério Pax.

De acordo com o presidente do sindicato, Izídio de Brito Correa, Lula se emocionou ao abraçar a viúva Lucília e os filhos Daniela, de 34 anos, Francis, de 32, e Camila, de 30, além dos três netos de Bolinha . "O Lula lamentou pela morte prematura e lembrou algumas passagens da convivência entre os dois", afirmou.

Segundo Correa, o presidente disse aos familiares que devia muito de sua vida política e sindical ao companheiro. Contou que, recentemente, após fazer um discurso no aeroporto de Campinas, recebeu uma ligação de Bolinha para dizer que aprovava o plano do presidente de instalar um escritório da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) em Gana, na África.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG