Lula comemora programa energético no Nordeste

O presidente da República Luiz Inácio da Silva derrubou hoje à noite (01) a propaganda do governo de Pernambuco, que anunciou ser o primeiro Estado do Norte e Nordeste a universalizar a energia elétrica, passando a ter a infra-estrutura necessária para atender a todas as regiões do Estado - das cidades às mais longínquas zonas rurais. No seu discurso, o presidente lembrou que três Estados nordestinos - Sergipe, Rio Grande do Norte e Alagoas - também já cumpriram esta mesma meta, dentro um total de 12 Estados brasileiros, incluindo Pernambuco.

Agência Estado |

O presidente lembrou que o programa Luz para Todos, que lançou em novembro de 2003, já utilizou, só de material, 90 mil quilômetros de fios e quatro milhões de postes colocados. E frisou que se fosse discutir o programa a partir da sua viabilidade econômica, ele jamais teria sido feito."Uma ligação em uma casa chega a custar R$ 5 mil porque a distância cada vez maior, aumenta a quantidade de cabos e fios".

"Levamos de graça, colocamos três tomadas, três bicos de luz e damos o pontapé inicial", afirmou ao afirmar que a sensação dada pelo programa na zona rural dos sertões é a de "tirar uma pessoa do século 18 para o século 21". Ele pregou a continuidade do programa - "Se a gente não tomar cuidado, daqui a pouco teremos o mesmo estoque de casas para atender" - e disse esperar que o próximo presidente que vier depois dele faça o dobro ou o triplo do que ele fez, "porque o povo vai ganhar com isso".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG