Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Lula: Brasil e Alemanha já deveriam estar no CS da ONU

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou hoje no Palácio do Planalto, ao lado da chanceler alemã, Angela Merkel, que o Brasil e a Alemanha já deveriam fazer parte do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) como membros permanentes. Contudo, ele deixou claro que esse debate não será concluído em curto prazo, por conta das divergências regionais sobre quais devem ser os novos atores permanentes.

Agência Estado |

Brasil, Alemanha, Índia e Japão compõem o chamado Grupo dos 4 (G4) na negociação sobre a reforma da ONU. No G4, eles têm o compromisso de defender a inclusão de todos os quatro participantes. "Nossa tarefa não é fácil. Nos discursos, muitos são a favor. A Inglaterra e a França são a favor. A China e os Estados Unidos são contra", resumiu Lula.

"A verdade é que a ONU está mal representada do ponto de vista geopolítico e geoeconômico. Está fragilizada, tem a cara dos anos 40 e não a do século 21", completou. A chanceler Angela Merkel limitou-se a declarar que a ONU tem de ser mais representativa porque é o único organismo responsável por cuidar dos problemas internacionais. China, Estados Unidos, Reino Unido, França e Rússia são os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG