Lula assina decreto que prevê projeto social no Mercosul

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou hoje, em solenidade no Palácio do Planalto, decreto que institui o Conselho Brasileiro do Mercosul Social e Participativo. Em rápido discurso, Lula explicou que o grupo terá por objetivo aproximar o cidadão comum do bloco econômico.

Agência Estado |

O conselho se reunirá quatro vezes por ano para apresentar sugestões na área social.

"O Mercosul precisa extrapolar a visão de que só discute questões econômicas e tributárias", disse Lula, na cerimônia. "(O conselho) é um instrumento que permite à sociedade civil extravasar o que acha melhor", disse Lula. Ele lembrou que as primeiras eleições para o Parlamento do Mercosul ocorrem em 2010. "Quem não se elegeu (nas eleições municipais) pode concorrer a uma vaguinha no Mercosul", brincou o presidente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG