Lula assina decreto instituindo datas fixas para início e fim do horário de verão

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta terça-feira o decreto em que institui datas fixas para o início e o fim do horário de verão, quando parte da população do país adianta o relógio em uma hora.

Agência Brasil |

Acordo Ortográfico

De acordo com o Decreto 6.558, o horário de verão começará a partir de zero hora do terceiro domingo de outubro de cada ano até zero hora do terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.

Se a data final do horário de verão coincidir com o domingo de carnaval, o prazo final será estendido para o domingo seguinte, conforme o decreto publicado no Diário Oficial da União.

O horário valerá para o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

O horário de verão começa a vigorar este ano no dia 19 de outubro e vai até dia 15 de fevereiro de 2009.

A previsão do Operador Nacional do Sistema (ONS), para o horário de verão, é de uma redução de 4% a 5% no consumo de energia elétrica no horário de pico, o que representa economia de aproximadamente 2 mil megawatts, volume semelhante ao registrado no ano passado, de 2,027 mil megawatts. Em 2007, a medida significou redução de custos em R$ 10 milhões.

Leia mais sobre: horário de verão

    Leia tudo sobre: horário de verão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG