Lula acompanha enterro de Célio de Castro em BH

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acompanhou hoje o sepultamento do ex-prefeito da capital mineira Célio de Castro, no cemitério Parque da Colina, em Belo Horizonte. Castro morreu ontem aos 76 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos, no Hospital Mater Dei.

Agência Estado |

O presidente chegou acompanhado pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Dulci, e do ministro das Comunicações, Hélio Costa, e não falou com a imprensa.

Pouco antes, no salão da prefeitura, onde o ex-prefeito estava sendo velado, o vice-presidente José Alencar afirmou que ele foi "um exemplo de homem público e de responsabilidade social". Alencar lembrou também que Célio chegou a ser cotado para ser vice na chapa de Lula nas eleições presidenciais de 2002. "Ele não foi candidato a vice porque adoeceu antes, mas eu acredito que era vontade do presidente Lula convidá-lo, como o mineiro mais ilustre, para ser candidato à vice." Célio sofreu um acidente vascular cerebral em 2001 e teve de se afastar da Prefeitura, sendo substituído pelo seu então vice e atual prefeito, Fernando Pimentel.

O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, disse que recebeu com tristeza a notícia da morte de Célio e "que mais do que um amigo e um companheiro de lutas, ele era um irmão". O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e o prefeito da capital, Fernando Pimentel (PT), em viagem ao exterior, não compareceram ao sepultamento. Foram representados, respectivamente, pelos vices Antonio Anastasia e Reynaldo Vasconcelos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG