Lucro da Eletropaulo fica em R$ 154,9 mi no 2º trimestre

A distribuidora de energia elétrica AES Eletropaulo, concessionária na região metropolitana de São Paulo, registrou lucro líquido de R$ 154,9 milhões no segundo trimestre de 2009, uma retração de 21,4% sobre os R$ 197 milhões apurados em igual intervalo de 2008. Neste período, a geração de caixa medida pelo Ebitda caiu 13,3%, de R$ 394,2 milhões para R$ 341,7 milhões.

Agência Estado |

Já a receita líquida apresentou ligeiro crescimento de 3,7%, de R$ 1,82 bilhão para R$ 1,89 bilhão.

O aumento das despesas gerenciáveis foi o principal fator que provocou a queda de 21,4% no lucro líquido da AES Eletropaulo no segundo trimestre deste ano. Segundo o balanço da empresa, os gastos com pessoal, material, serviços e outros cresceram 27,2% no período, de R$ 291,3 milhões para R$ 370,6 milhões. Por conta disso, as despesas operacionais tiveram alta de 8,6%, para R$ 1,5 bilhão.

De acordo com a companhia, a expansão dos custos reflete o aumento de 55,2% nas despesas com pessoal, de R$ 122,6 milhões para R$ 190,3 milhões. "A variação decorre do aumento da expectativa de despesa com a Fundação Cesp em 2009, que no trimestre somou R$ 45,3 milhões, e do aumento nos acordos e condenações trabalhistas (R$ 43,2 milhões)", segundo o balanço da AES Eletropaulo. As despesas com serviços de terceiros cresceram 17,8% no período, de R$ 66,7 milhões para R$ 78,5 milhões.

No lado positivo, o resultado da companhia foi impactado favoravelmente pelo reajuste tarifário de 8,01% de julho do ano passado. Isso contribuiu para o crescimento de 3,7% na receita líquida, para R$ 1,89 bilhão. Além disso, a AES Eletropaulo registrou um ganho extraordinário de R$ 6,4 milhões com a conclusão da revisão tarifária de 2007 e do reajuste tarifário deste ano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG