SAN SEBÁSTIAN ¿ O filme The other man, a história de um triângulo amoroso dirigido pelo britânico Richard Eyre e protagonizado pelo espanhol Antonio Banderas, abriu nesta quinta-feira o Festival de Cinema de San Sebastián, que prossegue até 27 de setembro na cidade basca.

Ator está no festival para divulgar
"The Other Man", de Richard Eyre / AP

O suspense mostra um casal abalado por outro homem, Antonio Banderas, e a consequente obsessão do marido, Liam Neeson, em um filme no qual o diretor tenta transmitir a idéia de que "é preciso aprender a perdoar e fazer tudo para entender o outro", como resumiu Eyre em uma entrevista coletiva.

Banderas, que na sexta-feira receberá o Prêmio Donostia por sua carreira, interpreta um hispânico "patético, que perdeu todos os sonhos", como ele descreveu.

"As pessoas não pertencem às outras e o conforto não é bom para o casal", comentou o ator a respeito do filme.

Na coletiva, o ator espanhol declarou apoio ao candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, e anunciou que prepara um filme sobre o último rei árabe de Granada, Boabdil.

"Tenho muito medo de que o Partido Republicano possa vencer a próxima eleição. É muito depois de oito anos. Eu não sou americano, mas minha filha é e prefiro depositar o futuro dela nas mãos de Barack Obama que nas de McCain", disse Banderas, que na quarta-feira participou em um jantar de artistas em apoio ao candidato democrata.

A 56ª edição do festival de San Sebastián tem 15 filmes em competição, incluindo "Genova", do britânico Michael Winterbottom, "Dream", do sul-coreano Kim Ki-duk e "Tiro en la cabeza", do espanhol Jaime Rosales.

Leia mais sobre: Festival de San Sebástian , Antonio Banderas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.