Londrina decreta emergência por causa da dengue

Decreto permite, entre outras ações, que agentes comunitários entrem nas casas sem ordem judicial ou autorização dos proprietários

AE |

selo

O prefeito de Londrina, no norte do Paraná, Barbosa Neto, decretou estado de emergência para ter mais liberdade no combate ao mosquito da dengue. No município, foram confirmados 144 casos. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o decreto permite, entre outras ações, que agentes comunitários entrem nas casas sem ordem judicial ou autorização dos proprietários. Também favorece a contratação de pessoal e a compra de equipamentos para atuar no combate ou a transformação de unidades de saúde em centros de atendimento prioritário da doença. 

"É uma resposta aos problemas que estamos enfrentando. A carência de recursos humanos e materiais pede que decretemos o estado de emergência", justificou o prefeito. "É também um alerta à comunidade sobre a ameaça que a dengue representa." Entre os 144 casos confirmados, cinco tiveram complicações, mas não houve óbito. Há outros 1.164 casos suspeitos somente no mês de janeiro. No Estado, foi o município que mais notificou casos suspeitos durante todo o mês.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, em janeiro foram notificadas 3.484 suspeições da doença no Paraná. Deste total, 390 casos foram confirmados em 21 municípios - 375 autóctones e 15 importados. Jacarezinho, também no norte do Estado, é o que apresenta mais casos autóctones (197), seguido por Londrina (142). No dia 27 de janeiro, o governo estadual liberou R$ 351 mil para a contratação de 123 agentes de controle de endemias na região de Londrina, pelo prazo de 90 dias.

Especificamente para o município, a Secretaria de Saúde acentuou que foram destinados R$ 230 mil, além de 20 agentes de controle de endemias, um caminhão para recolhimento de entulhos, sete caminhonetes, 22 pulverizadores, kits para proteção individual e materiais impressos educativos.

    Leia tudo sobre: dengueparanálondrina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG