Londres aprovou operação para libertar jornalista no Afeganistão

Os ministros britânicos das Relações Exteriores e da Defesa aprovaram a operação de quarta-feira para libertar o jornalista britânico Stephen Farrell, sequestrado no Afeganistão, na qual morreram quatro pessoas, confirmou Downing Street.

AFP |

Uma fonte do gabinete do primeiro-ministro Gordon Brown confirmou à AFP informações da rede de televisão BBC de que o secretário do Foreign Office, David Miliband, e seu colega da Defesa, Bob Ainsworth, tomaram a decisão final que permitiu a libertação do repórter do New York Times.

Farrell, que tem dupla nacionalidade britânico-irlandesa, saiu ileso da operação, mas a mesma terminou com as mortes do jornalista afegão Sultan Munadi, de um soldado britânico, além de uma mulher e seu filho afegãos.

ar/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG