Lobão: ninguém dá lição ao Brasil sobre meio ambiente

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, utilizou hoje a expertise brasileira no desenvolvimento do mercado de etanol ao longo das últimas décadas para destacar a importância do País neste segmento frente ao mundo todo. Ninguém hoje dá lições ao Brasil sobre como defender seu meio ambiente, disse Lobão, durante a inauguração da primeira turbina movida a álcool em uma usina térmica no mundo, em discurso para empresários e políticos locais.

Agência Estado |

O ministro dedicou boa parte de seu discurso para elogiar a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff: "Foi ela quem criou caminhos para a solução dos grandes problemas do País. Dedico a ela cumprimentos por tudo o que ela representa em matéria de organização do campo energético brasileiro", disse Lobão.

Já o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, em rápido discurso, se ateve a destacar por diversas vezes o pioneirismo da iniciativa em Juiz de Fora.

"Pela primeira vez temos uma hidrelétrica que vai gerar eletricidade usando o etanol. Este não é um passo trivial. A Petrobras e a GE vêm desenvolvendo esta ideia há alguns anos, mas agora temos testada esta tecnologia numa turbina em uma usina, que é a mesma turbina usada num avião 747", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG