LLX obtém licença de instalação de porto em Itaguaí (RJ)

A LLX Sudeste Operações Portuárias, subsidiária da LLX Logística, recebeu do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), do Rio de Janeiro a licença de instalação para a construção do Porto Sudeste, terminal portuário com capacidade para movimentar 50 milhões de toneladas de minério por ano, em sua primeira fase. Em nota, a empresa diz que a licença é condicionante para o início da construção do porto, o que deverá ocorrer ainda no segundo semestre de 2009.

Agência Estado |

O Porto Sudeste, localizado no município de Itaguaí, a 80 km da cidade do Rio de Janeiro e a apenas 2 km da malha ferroviária da MRS, está sendo desenvolvido como um terminal portuário privativo de uso misto, com profundidade de 20 metros e retro-área de 52 hectares, com capacidade para movimentar 50 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. O porto deverá escoar a produção das minas da MMX Mineração e Metálicos localizadas em Minas Gerais e de outros produtores de minério de diversas áreas do quadrilátero ferrífero de Minas Gerais.

Na nota, a LLX diz que o Porto Sudeste passará a ser a solução logística para as mineradoras do quadrilátero ferrífero de Minas Gerais que atualmente não podem exportar por falta de alternativa portuária disponível. A companhia estima que o porto entrará em operação no 2º semestre de 2011.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG