Livros de geografia com erros serão repostos, diz Serra

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), garantiu hoje que os livros de geografia com erros distribuídos pela Secretaria da Educação do Estado serão recolhidos e repostos. No livro, destinado a alunos da sexta série do ensino fundamental, o nome do Paraguai está em território boliviano e também no lugar do Uruguai.

Agência Estado |

Já o Equador sumiu do mapa.

Para Serra, o fato de o material didático distribuído em escolas públicas de todo o Estado mostrar duas vezes o Paraguai em um mapa da América do Sul "não é um erro grave, mas é um erro". Serra atribuiu a informação equivocada a um possível "erro de impressão". "Ninguém acha que existam dois 'Paraguais'. Não é um erro que alguém possa ignorar", explicou.

O governador admitiu responsabilidade da Secretaria da Educação na falha, porém repartiu a culpa com a Fundação Vanzolini, contratada para fazer a publicação. "Houve duas falhas: da empresa contratada e da secretaria, que deveria ter revisado o material", afirmou o governador. Segundo Serra, o recolhimento e a reposição dos livros didáticos serão pagos pela Fundação Vanzolini, sem custos para o Estado. "Os livros vão ser todos recolhidos e repostos. A fundação vai cobrir esse erro", disse Serra, sem especificar quando a substituição do material deve começar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG