Livro reúne monstros criados por cinema, TV e HQs

O escuro é a mãe dos monstros e o desconhecido, o seu pai. Basta olhar, à noite, no quarto onde a luz foi apagada, aquela forma estranha embaixo da cama.

Agência Estado |

Ou aquelas luzinhas vermelhas que espreitam pela abertura da porta do guarda-roupa. Sigmund Freud, que andou remexendo na caixa onde jazem as bagunças da mente humana, já sabia disso, conforme cita Gonçalo Jr. em sua 'Enciclopédia dos Monstros', um livro que reúne as 'monstruosidades' criadas pela literatura, cinema, TV, quadrinhos e até mesmo reserva páginas para monstros reais.

Viciado em quadrinhos e heavy user de cinema e literatura, Gonçalo Jr. é baiano, tem 40 anos, e vive em São Paulo desde 1996. Porém sua paixão é mesmo o mundo cujo sistema solar gira em torno das HQs (ele foi daqueles fãs que produziram fanzines na adolescência), carregando planetas de filmes inesquecíveis, leituras maravilhosas e, naturalmente, um grande asteróide cheio de monstros, parte dos quais revela agora na 'Enciclopédia dos Monstros'.

"Meu monstro favorito é Frankenstein. Eu me identifico muito com ele. Não tem muita noção do que acontece, é combatido, discriminado. Também não se ajusta às regras", diz ele. A paixão por Frankenstein e cia. fez Gonçalo trabalhar de 12 a 14 horas por dia, ao longo de oito meses para completar o livro.

A investigação sobre monstros dos quadrinhos é bastante completa, dentro dos limites de uma obra desse tipo, e os capítulos sobre monstros dos quadrinhos brasileiros é, simplesmente, uma excelente mostra de um material nunca dantes coletado. A área cinematográfica é bem coberta, com destaque para os usuais suspeitos como Drácula, o Lobisomem, a Múmia, chegando aos personagens infernais como Jason, o Brinquedo Assassino, Alien, o Predador e os serial killers de séries adolescentes.

A Cuca, personagem de Monteiro Lobato, o Chupa-Cabra, o boom de histórias brasileiras de vampiros de autores geralmente emergentes de blogs, têm interessantes participações e defendem nossas cores pela primeira vez na olimpíada mundial dos monstros. Sem dúvida, uma folheada pelas páginas de um livro como a 'Enciclopédia dos Monstros' é sempre divertida e suscita descobertas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enciclopédia dos Monstros , de Gonçalo Jr., Ediouro, 304 páginas, R$ 59,90.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG