Livro marca os 100 anos da Academia Paulista de Letras

O centenário da Academia Paulista de Letras (APL), que será celebrado em novembro, vai ser comemorado mais cedo com o lançamento, hoje, no Museu da Língua Portuguesa, de um livro que reúne fotos e biografias dos 40 acadêmicos da instituição, quatro deles recentemente mortos - Benedicto Ferri de Barros e Esther de Figueiredo Ferraz, ambos em setembro do ano passado, Crodowaldo Pavan, em abril, e Israel Dias Novaes, morto no último dia 6. Segundo o presidente da Academia Paulista de Letras e autor dos textos do livro, o desembargador e escritor José Renato Nalini, não houve tempo para fazer as correções necessárias para incluir os substitutos de duas cadeiras, a de número 12, agora ocupada pelo professor Paulo Natanael Pereira de Souza, sucessor de Benedicto Ferri de Barros, e a de número 36, da qual tomou posse, em maio, Dom Fernando Antonio Figueiredo, bispo de Santo Amaro, substituindo Esther de Figueiredo Ferraz.

Agência Estado |

O presidente da APL anuncia no centenário da instituição uma ampla reforma que irá beneficiar não só os habituais frequentadores da academia como um novo público a ser conquistado com uma programação de cursos e conferências. Antes de ganhar sua sede definitiva, inaugurada em 1953, no largo do Arouche, centro de São Paulo, os acadêmicos improvisavam sessões nas salas da Biblioteca Municipal e até no salão de inverno da antiga Casa Mappin. O sólido palácio dos acadêmicos, projetado pelo arquiteto Jacques Pilon, exigiu cinco anos de construção. No entanto, meio século de uso causou sua deterioração, levando a instituição a pedir ajuda da Secretaria de Cultura para concluir as obras de reforma.

Os 40 retratos do livro foram feitos pelo fotógrafo Mario Scavone, filho do acadêmico Rubens Teixeira Scavone (que ocupou a cadeira 18, hoje do historiador Jorge Caldeira) e neto de Maria de Lourdes Teixeira, outra acadêmica da família. A maioria dos acadêmicos foram registradas na APL, excetuando-se a do bibliófilo José Mindlin, titular da cadeira 30, fotografado em sua biblioteca particular. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG