Chega este mês às livrarias do País um guia da psiquiatra Analice Gigliotti e das psicólogas Elizabeth Carneiro e Gisele Aleluia que dá dicas de como lidar com dependentes químicos. Em Drogas.

Sem, as autoras orientam desde familiares na convivência com usuários de drogas como cocaína ou maconha até a lidar com as amigas viciadas em remédios.

Além das orientações para quem convive com os dependentes químicos, Drogas.Sem pretende ser um manual também para um usuário em recuperação. Analice, Elizabeth e Gisele contam o que é preciso saber sobre as drogas e seus efeitos, diferenciando as opções de tratamento e as dificuldades enfrentadas por familiares, amigos próximos e até colegas e chefes de trabalho.

Com base em histórias reais, as autoras aproveitam para abordar as maneiras possíveis de evitar que este problema atinja a família. Analice, que é presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (ABEAD), diz que a proposta é ajudar a esclarecer sobre o tema que ainda é tabu social. "Esse livro propõe-se a ajudar pessoas a ajudarem outras pessoas. Oferece dicas práticas sobre como lidar com um filho que fuma maconha, com uma mulher que bebe, com um funcionário de uma empresa que é compulsivo sexual, e muito mais. ", diz.

Álcool

O Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA) disponibiliza em seu site um livreto que informa pais e educadores sobre as melhores formas de se comunicar com crianças e adolescentes sobre o uso de álcool nas faixas etárias de 8 a 18 anos. O material traz ainda informações sobre os efeitos fisiológicos e psicológicos do álcool e as melhores formas de lidar com situações do cotidiano das crianças e adolescentes envolvendo o uso e o abuso de bebidas alcoólicas.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.