Livro conta a história de Beckham em LA: de astro a desconhecido

Por Claudia Parsons NOVA YORK (Reuters) - O jogador inglês David Beckham era um superastro do futebol na Europa, mas quando se mudou para os Estados Unidos um garçom pediu para ver seu documento de identidade e lhe recusou um cálice de vinho, segundo um livro previsto para sair em julho.

Reuters |

"The Beckham Experiment", de Grant Wahl, redator da Sports Illustrated, traz entrevistas com Beckham, de 33 anos, e outras figuras importantes do Galaxy Los Angeles, o time no qual ele entrou em 2007 depois de uma carreira estelar na Europa.

A transferência para Los Angeles com sua mulher, a popstar Victoria Beckham, foi o capítulo mais recente de uma história de vida que mistura celebridade e façanhas esportivas. Beckham assinou um contrato de cinco anos pelo valor estimado de 250 milhões de dólares e chegou a Los Angeles em meio a uma explosão de publicidade, prometendo ajudar a elevar o perfil do futebol nos Estados Unidos.

Mas após uma primeira temporada em que se machucou várias vezes e apenas cinco gols marcados durante seu período no Galaxy, Beckham deixou claro no início deste ano que prefere jogar para o time italiano Milan, para o qual está emprestado.

Conhecidíssimo na Grã-Bretanha e no resto da Europa, o casal Beckham vem tendo dificuldade em transferir essa fama para Los Angeles, cidade repleta de astros e estrelas e cuja mídia de celebridades é obcecada pelas intempéries de Britney Spears e a família crescente de Angelina Jolie.

O Crown Publishing Group, uma divisão da editora Random House, ela própria parte da Bertelsmann AG, disse que o livro fará um relato da "embalagem de Beckham para virar celebridade e do funcionamento interno da equipe Beckham".

"Wahl faz um relato detalhado das aspirações de Beckham e suas preocupações em relação a sua aventura americana, suas interações com colegas de time do Galaxy que ganham apenas 12.900 dólares por ano e seu relacionamento frio com Landon Donovan, astro do Galaxy, e com o ex-presidente do time Alexi Lalas", disse a editora em comunicado à imprensa.

No livro, Beckham discute a técnica com que faz os gols em cobranças de falta, sua marca registrada, seu casamento com a ex-Spice Girl Victoria Beckham e seu relacionamento com celebridades como Tom Cruise.

As anedotas relatadas incluem uma ocasião em que um garçom americano se negou a dar um cálice de vinho a Beckham porque este não tinha documento de identidade e o garçom não o reconheceu. Muitos bares nos EUA exigem documentos de pessoas com bem mais de 21 anos, a idade mínima para o consumo legal de álcool.

No momento, Beckham está emprestado para o Milan até o final da temporada do Campeonato Italiano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG