Líquido nos pulmões matou cantor do Boyzone, mostra autópsia

MAIORCA, Espanha (Reuters) - Uma autópsia feita no corpo do cantor Stephen Gately, do Boyzone, na ilha espanhola de Maiorca revelou nesta terça-feira que ele morreu por causa de fluído nos pulmões, segundo um representante judiciário. As descobertas preliminares após a morte foram dadas ao parceiro do cantor falecido, Andrew Cowles, por um juiz de Palma de Maiorca.

Reuters |

O cantor de 33 anos estava de férias com Cowles quando foi encontrado morto no apartamento no resort Port Andraz no sábado após passar a noite na cidade, segundo relatos da imprensa.

O quinteto Boyzone foi reunido pelo empresário pop Louis Walsh, que também criou o Girls Aloud e o Westlife, com mais sucesso na Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, Ásia e Grã-Bretanha.

A banda se separou em 2000, quanto Ronan Keating decidiu seguir carreira solo, mas eles se reencontrar diversas vezes em 2007 e 2008.

(Reportagem de Marco Trujillo)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG