A ex-secretária da Receita Federal Lina Maria Vieira disse hoje, durante depoimento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que assim que assumiu o cargo mudou o foco da fiscalização que, na sua avaliação, era superficial e de quantidade. Ela afirmou que após assumir o cargo a fiscalização passou a ser focada na qualidade e nos grandes contribuintes, questão apontada por seus colaboradores como um dos principais fatores que motivou sua demissão.

Ela lembrou que sua primeira declaração foi de que havia um caos no atendimento da Receita e que com a reformulação promovida por ela o contribuinte não precisaria mais sair de casa. Lina Vieira presta depoimento sobre declarações em que ela diz ter ouvido da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pedido para acelerar as investigações da Receita sobre o empresário Fernando Sarney. A ex-secretária afirma ter entendido a solicitação como um recado "para encerrar" as investigações envolvendo a família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Dilma nega que tenha tido essa conversa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.