Liminar impede entrega de menino ao pai americano

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, concedeu esta noite liminar para impedir que o menino S.G, de 9 anos, seja entregue ao pai biológico, o americano David Goldman, e volte aos Estados Unidos.

Agência Estado |

Anteontem, o juiz federal substituto Rafael de Souza Pereira Pinto, da 16º Vara Federal do Rio, havia determinado que a criança fosse entregue ao Consulado dos Estados Unidos amanhã.

Goldman, que já está no Brasil para levar o filho, trava uma batalha judicial pela guarda do menino com o advogado João Paulo Lins e Silva desde a morte da mãe do menino, Bruna Bianchi, em agosto do ano passado, com quem Lins e Silva tem uma filha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG