RIO (Reuters) - As reservas de petróleo e gás natural nas áreas já licitadas no pré-sal poderiam chegar a 70 ou 80 bilhões de barris de óleo equivalente, afirmou nesta sexta-feira o diretor geral da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), Haroldo Lima. Recentemente, os prognósticos apontam para um mínimo de 50 bilhões e um máximo, pelos cálculos feitos de forma mais repetida, de 70, 80 bilhões de barris, disse Lima a jornalistas no Rio, após cerimônia de posse de novos diretores da agência.

Questionado se o total do pré-sal, considerando as áreas ainda não licitadas, poderia ultrapassar 100 bilhões de barris, ele afirmou: "Pode sim. As dimensões são tão grandes que ainda não temos muita visão do significado disso para o Brasil, até mesmo para a base industrial, para o setor de serviços, mão-de-obra".

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Texto e edição de Marcelo Teixeira)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.