Os presidentes da São Paulo Turismo (SPTuris), Caio Luiz de Carvalho, e da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, Sidney Carriuolo, avaliaram como um sucesso os dois dias de desfiles de escolas de samba em São Paulo e comemoraram a ausência de incidentes graves durante a sexta e o sábado no Sambódromo do Anhembi. Só tem coisa boa para falar.

Não tivemos grandes incidentes, somente pequenas ocorrências e uma remoção. As ocorrências foram corriqueiras, como furtos e um ou outro excesso", afirmou Carvalho.

Segundo Sidnei, que também é presidente da escola de samba Águia de Ouro, a disputa deste ano no carnaval de São Paulo foi a "melhor de todos os tempos". "O carnaval foi tão bom que chegamos ao final e ninguém sabe quem vai ser o campeão, tamanho o equilíbrio. Estamos cada vez nos superando mais", afirmou. Segundo o presidente da Liga, nenhuma escola foi punida com perda de pontos. "Vai ser uma disputa acirrada", diz. Ele também informou que a apuração que definirá o título será na tarde da terça-feira, com início programado para as 16 horas.

Já Carvalho informou que o carnaval de São Paulo teve um recorde de 22 mil pessoas que passaram pelas catracas na arquibancada. Segundo ele, nos dois dias de desfiles o Anhembi esteve praticamente lotado. Pensando no carnaval do ano que vem, a SPTuris vai investir cerca de R$ 1 milhão para fazer o nivelamento do sambódromo, tentando preparar o local para receber eventos durante o ano todo. Estão em estudo mudanças nos camarotes. Está em negociação também, segundo Carvalho, a retirada de um posto de gasolina vizinho ao Anhembi.

Melhor do País - O desempenho das escolas neste ano animou tanto o presidente da Liga que ele afirmou "não ver limites" para o crescimento do carnaval paulistano. "O nosso carnaval é melhor do País porque é feito pela comunidade, é a comunidade que desfila e a comunidade que assiste. Aqui a disputa é mais quente, há uma dedicação maior", afirmou. Ele disse ainda que, com mais dinheiro, as escolas poderiam investir ainda mais nos carros alegóricos e fantasias, dois dos quesitos avaliados e que, em sua opinião, o carnaval do Rio estaria à frente do paulistano. "Nas outras categorias não ficamos atrás", dispara.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.