O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cumprimentou o brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva pela vitória da candidatura Rio-2016 ainda no voo de volta para Washington. Durante dois minutos de conversa telefônica, Obama se disse feliz porque os jogos serão realizados no Brasil, um país da América Latina.

Além dele, chefes de Estado da França, Nicolas Sarkozy; do Catar, Hamad bin Khalifa al-Thani; da Venezuela, Hugo Chávez; e do Paraguai, Fernando Lugo, entraram em contato direto com Lula. A revelação dos telefonemas feita pelo presidente durante entrevista concedida na manhã deste sábado, em Copenhague. Obama, afirmou Lula, telefonou do interior do Air Force 1, o avião presidencial no qual havia se deslocado para a capital dinamarquesa onde, por pouco mais de quatro horas, defendeu a candidatura de Chicago. "Aí ele passou por uma turbulência e a ligação caiu", contou.

"O Obama ligou apenas para dar os parabéns ao Brasil e disse que também ficou feliz porque os Jogos Olímpicos ficaram na América do Sul", relatou o presidente. O venezuelano, Chávez, disse o presidente, brincou, ameaçando roubar do Brasil o ouro olímpico no futebol em 2016.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.