Líderes empresariais que participam do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, começaram uma campanha de arrecadação de fundos para levantar US$ 100 milhões para combater a malária na África. O presidente da News Corporation, Peter Chernin, e o CEO da Exxon, Rex Tillerson, disseram estar confiantes de que a campanha conseguirá arrecadar o valor total, apesar dos problemas econômicos mundiais.

Eles disseram que a campanha já conta com US$ 40 milhões e irá se beneficiar do conhecimento das empresas que apoiam. A campanha foi lançada em um encontro de líderes de governo e de empresas nos Alpes Suíços.

A campanha visa dar a cada africano com risco de contrair a doença as ferramentas contra a malária até o final de 2010, em um primeiro passo importante para acabar com a morte de quase 1 milhão de pessoas por causa da doença por ano. As informações são da Associated Press.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.