Líderes discutem com Temer liberação de pré-campanha

Liberar a pré-campanha é um dos pontos de convergência entre os líderes partidários no projeto que muda a legislação eleitoral em fase de conclusão por um grupo de deputados e que será discutido nesta quinta-feira durante reunião do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP). Os deputados querem liberdade para que, nas próximas eleições, os pré-candidatos possam fazer campanha antes do prazo atualmente definido pela Justiça Eleitoral.

Agência Estado |

A regra atual, que libera as campanhas só a partir de julho do ano das eleições, tem provocado problemas e insegurança para os pré-candidatos e para os partidos políticos. Sem a mudança na regra, se o governador José Serra (PSDB), por exemplo, deixar o governo de São Paulo para concorrer à Presidência da República em abril do próximo ano (no prazo de desincompatibilização), só poderá começar sua campanha paga pelo partido e sem risco de ser acusado de campanha fora de época depois de oficializado candidato do PSDB.

O texto do projeto permite a realização de prévias partidárias, a divulgação de material e participação em reuniões, realização de seminários e encontros, além da presença de pré-candidatos em entrevistas e debates de emissoras de TV e rádios.

Leia mais sobre: lei eleitoral

    Leia tudo sobre: temer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG