Tamanho do texto

RECIFE - Encerradas as eleições, as atenções se voltam agora para o Congresso Nacional. Propostas de reformas importantes, como a tributária, estão paradas desde julho, quando começou o chamado recesso branco na Câmara e no Senado. O líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PE), acredita que há espaço para votar até o final do ano pelo menos a reforma tributária.

Vamos votar o Fundo Soberano, começar a acelerar a reforma política e tentar votar a reforma tributária, que é mais necessária ainda com a crise econômica internacional, avaliou Rands neste domingo à noite, durante as comemorações da vitória do candidato petista à prefeitura de Recife, João da Costa.

Dá para votar a reforma política no primeiro semestre do próximo ano e com certeza, a tributária e o Fundo Soberano este ano, acrescentou o deputado.

Leia mais sobre: reforma tributária

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.