Líder do PSDB é indicado para relatar CPI das ONGs

O presidente da CPI das ONGs, senador Heráclito Fortes (DEM-PI), aproveitou um descuido do governo e nomeou, nesta quarta-feira, o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) como novo relator da comissão que investiga supostos repasses ilegais do governo às entidades.

Carol Pires, repórter em Brasília |

Segundo o líder falou com exclusividade ao Último Segundo, a estratégia será levar para dentro das investigações da CPI das ONGs os contratos firmados entre a Petrobrás com organizações não-governamentais. Eles deram um jeito de aparelhar na CPI da Petrobras e desaparelharam do outro lado, observou Virgílio.

CPI da Petrobras

Até o início da noite desta quarta-feira, senadores do PT e do PMDB estavam reunidos no gabinete do líder do PMDB, Rena Calheiros, discutindo sobre os cargos-chave da CPI da Petrobras.

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RO), está confiante de que será o relator das investigações. O PMDB também estuda indicar o senadore Leomar Quintanilha (TO) ou o senador Paulo Duque (RJ) para a função.

Na presidência da CPI deve ficar o senador João Pedro (PT-AM), como deseja o líder petista Aloízio Mercadante (PT-SP).

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), marcou para a próxima terça-feira a instalação da CPI, quando será eleito o presidente e indicado o relator da comissão.

Leia mais sobre CPI



    Leia tudo sobre: cpicpi da petrobrascpi ongs

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG