O presidente da Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo (Feraesp), Elio Neves, sofreu uma tentativa de homicídio na tarde de ontem na chácara de sua família, em Ribeirão Bonito, no interior do Estado. Atingido por um tiro na região da cabeça, ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Paulo, em Araraquara (SP).

Segundo informações da Feraesp, Neves não corre risco de morte, pois a bala teria atingido o pescoço de raspão, o que não foi confirmado pelo hospital.

O capitão Luiz Alberto Andrade de Almeida, da Polícia Militar (PM) de Ribeirão Bonito, afirmou que Neves, que é uma das principais lideranças dos trabalhadores rurais do País, estava dormindo na casa da chácara. Segundo o relato da ex-mulher à PM, dois homens encapuzados renderam ela e o caseiro e pediram que ambos corressem. "Ela relatou que em seguida ouviu um tiro, voltou ao local, viu Elio sentado na varanda pedindo socorro e ele foi encaminhado ao hospital", disse o capitão.

Ainda de acordo com o oficial, a ex-mulher, em depoimento, contou que "Elio havia sofrido dezenas de ameaças de morte". A PM registrou boletim de ocorrência por tentativa de homicídio e o caso será apurado pela Polícia Civil. Ninguém foi preso e o veículo utilizado pelos suspeitos não foi identificado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.