BRASÍLIA - Um dos coordenadores-gerais do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Brasília (UnB) e líder do movimento de ocupação da reitoria da instituição, http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/estudantes_aprovam_desocupacao_da_reitoria_da_unb_1276756.html target=_blankiniciada no último dia 3 de abril, o estudante de Serviço Social Fábio Félix participará nesta quinta-feira, 17, de um chat, às 18h, promovido pelo Portal iG em parceria com a Santafé Idéias. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/estudantes_aprovam_desocupacao_da_reitoria_da_unb_1276756.html target=_blankEstudantes aprovam desocupação da reitoria da Universidade de Brasília http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/16/reitor_interino_da_unb_acata_exigencias_de_estudantes_1275331.htmlReitor interino da UnB acata exigências de estudantes http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/14/em_nota_a_ministro_ex_reitor_da_unb_se_defende_de_acusacoes_1272037.htmlEx-reitor da UnB diz que honrou seu cargo na universidade

Aos 22 anos, Fábio está no oitavo semestre do curso. Em 2006, concorreu a deputado distrital, mas obteve apenas 790 votos. Filiado ao PSOL, ele foi eleito no ano passado para a coordenação do DCE em aliança com militantes do PSTU e de um grupo de apartidários. Junto com outros estudantes, Félix comandou a ocupação do prédio da reitoria da UnB e deve manter a mobilização pelas demandas estudantis mesmo depois da desocupação, marcada para amanhã e decidida em assembléia hoje. Vamos desocupar a reitoria para ocupar as salas de aula, prevê Félix. 

A ocupação da reitoria foi motivada por denúncias contra o então reitor da universidade, Timothy Mulholland, acusado de cometer irregularidades na aplicação de recursos na reforma de um apartamento funcional. Após renúncia de Mulholland, o Ministério da Educação escolheu o professor Roberto Aguiar reitor pro tempore. 

Liderado por Fábio, o DCE obteve êxito na negociação de 28 reivindicações com o substituto. Entre elas estão: a não abertura de processo administrativo contra os estudantes que ocupam a reitoria; a retirada da ordem de reintegração de posse e de multa contra o DCE; a abertura das contas das fundações e da gestão anterior da universidade; a realização de um congresso que formule um novo estatuto interno e a convocação de eleições diretas e paritárias para a reitoria da universidade, estes dois últimos os principais pedidos.

Leia mais sobre: ocupação na UNB

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.