Licitação para trem-bala deve sair em outubro, afirma Lula

CAMPINAS - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta sexta-feira que a licitação para a construção do trem-bala que fará a ligação entre Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas deverá ser anunciada em outubro. A afirmação foi feita em discurso na cerimônia de liberação de recursos de mais de R$ 200 milhões para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Campinas e região.

Redação com agências |

No evento, Lula fez questão de citar a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, batizada por ele de mãe do PAC. Segundo Lula, Dilma está em viagem ao Japão e Coréia tratando justamente do projeto do trem-bala. "Ela está mostrando o projeto a esses países e podemos fechar consórcio para a construção do trem-bala", afirmou.

O presidente citou que a obra está orçada em quase US$ 9 bilhões. "Se Deus quiser, tudo está muito bem encaminhado", reiterou, destacando o empenho da ministra Dilma em conseguir parceiros para o projeto. Lula informou que o governo pretende construir mais duas pistas e um terminal de passageiros no Aeroporto de Viracopos (Campinas). "O aeroporto de Campinas será um dos grandes aeroportos internacionais de São Paulo, ao lado do de Cumbica", concluiu.

"PAC não é pirotecnia"

Lula afirmou nesta sexta-feira que o início das obras do PAC são uma resposta para quem, quando o programa foi lançado, acreditou que seria mais uma pirotecnia.

O PAC quando começou tinha muita gente descrente. Não sei, Temer [se dirigindo a Michel Temer, deputado federal e presidente do PMDB] se lá dentro do Congresso Nacional não tinha pessoas que falavam assim: é mais um anúncio do governo, é mais uma pirotecnia, anunciou R$ 504 bilhões de investimentos até 2010 isso não é possível, não vai acontecer, afirmou ao discursar em Campinas, onde autorizou o início de obras do PAC.

Lula afirmou que, com o lançamento e início de obras em vários estados brasileiros, os que não acreditaram no programa estão vendo as mudanças. O PAC, que foi desacreditado, hoje as pessoas já começam a perceber que ele veio para revolucionar a forma de administrar esse país.

No estado de São Paulo o presidente Lula autoriza o início de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Campinas, Jundiaí, Santo Antonio de Posse e Valinhos.

Também serão assinados seis contratos para construção de moradias e obras de urbanização nos municípios de Hortolândia, Itapeva, Itu, Mairinque e Americana. Será anunciada ainda a conclusão de dois conjuntos residenciais do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), do Ministério das Cidades. Os apartamentos serão arrendados para famílias de baixa renda.

Entre as obras previstas nesses municípios estão projetos de iluminação pública, de esgoto sanitário, pavimentação de asfaltos, abastecimento de água e construção de moradias populares em regime de mutirão.

(Com informações da Agência Estado e da Agência Brasil)

Leia mais sobre: Lula

    Leia tudo sobre: lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG