Libertados funcionários após invasão a escritório do PAC

Cerca de 30 funcionários ficaram encurralados durante tiroteio entre policiais e supostos traficantes no escritório da empresa OAS, responsável pelas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nas favelas Pavão/Pavãozinho, na zona sul do Rio. Muito abalados, eles foram retirados do local no início da tarde.

Agência Estado |

Segundo relataram, o grupo estava no segundo andar do escritório quando homens armados de fuzis e pistolas invadiram a casa.

A polícia notou movimentação suspeita, fez o cerco e houve intenso tiroteio. Não houve vítimas entre os funcionários, segundo a polícia. Três supostos criminosos foram mortos e três ficaram feridos no final da manhã de hoje, durante o cerco da polícia a homens que invadiram armados o escritório das obras do PAC nos morros Pavão/Pavãozinho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG