Lenda da guitarra elétrica Les Paul morre aos 94 anos

LOS ANGELES (Reuters) - O lendário guitarrista e inventor Les Paul, que foi pioneiro em projetar as guitarras elétricas, morreu de complicações decorrentes de uma pneumonia em um hospital em Nova York, informou seu advogado nesta quinta-feira. Ele tinha 94 anos. O advogado Michael Braunstein disse que Paul morreu no Hospital White Plains em White Plains, Nova York. Ele acrescentou que Paul estava entrando e saindo do hospital por cerca de dois meses e estava lutando contra várias doenças.

Reuters |

"Aos 94, é difícil lutar contra muitas coisas", disse Braunstein. "Ele é uma pessoa histórica. Ele certamente deixou sua marca aqui na Terra e fez muitos, muitos amigos."

Paul foi uma força dominante no mercado da música desde a Segunda Guerra Mundial. Ele e sua mulher, Mary Ford, curtiram uma sequência de hits na década de 1940 e 1950, que incluem "Mockin' Bird Hill" e "How High the Moon".

Um apaixonado pelo conserto, ele criou um dos primeiros corpos sólidos de guitarras elétricas em 1941, e foi o pioneiro da gravação de múltiplas faixas de música.

Paul cumpriu um papel importante no nascimento do rock'n'roll no início da década de 1950, quanto ele se uniu à Gibson Guitar Corp. para ajudar a projetar um modelo que leva seu nome. Um sucesso imediato, sua estrutura básica pouco mudou através das décadas.

Apesar da artrite e dos problemas de audição, Paul continuou sendo um músico incansável, tocando regularmente em casas de jazz em Nova York nos anos 1990.

Paul deixou três filhos, uma filha e vários netos e bisnetos, segundo Braunstein.

(Por Paul Simao)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG