O leilão das obras de arte de Yves Saint Laurent e Pierre Bergé bateu o recorde mundial de venda de uma coleção privada, somando 206 milhões de euros apenas no primeiro dos três dias de vendas, constatou a AFP.

bb/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.