O atendimento nos três hospitais paulistanos considerados referência em trauma por acidentes caiu 55% após entrar em vigor a Lei 11.705, chamada de lei seca, que tornou mais rígidas as punições para quem consumir álcool e dirigir.

Segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, entre sexta-feira e domingo, os Hospitais das Clínicas, Regional Sul e do Mandaqui receberam 51 acidentados, ante 92 no último fim de semana de junho e 114 no penúltimo.

O Hospital do Mandaqui, na zona norte, registrou a entrada de 15 pacientes entre sexta e domingo, contra 42 no último fim de semana de junho e 45 no penúltimo. No Regional Sul, em Santo Amaro, na zona sul, foram atendidas 9 vítimas, ante 26 no último fim de semana de junho e 36 no penúltimo. Já no Hospital das Clínicas o número voltou a subir entre sexta e domingo.

Foram atendidas 27 pessoas, 3 a mais em comparação com o último fim de semana de junho e 6 a menos ante o penúltimo. "Os dados indicam que de fato a ingestão de álcool era fator preponderante para os acidentes de trânsito, principalmente os ocorridos nos finais de semana", afirmou, em nota, o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.